Infográfico sobre o caminho básico de uma Campanha de Webcidadania

Oficinas de Webcidadania em parceria com AVINA

Cidade Democrática realiza em parceria com Fundação Avina série de oficinas para facilitar campanhas de transformação social

Infográfico sobre o caminho básico de uma Campanha de Webcidadania

As redes sociais já mostraram seu potencial para articulação política no caso Ficha Limpa (aproveito o ensejo para indicar o projeto Poder Legislar, que mapeou essa mobilização e disponibilizou o conhecimento acumulado para outras iniciativas populares). Elas são a grande aposta de muita gente para dar novos contornos ao debate público.

Como um desses apostadores, o Cidade Democrática vem realizando Oficinas de Webcidadania, uma proposta para apoiar pessoas e movimentos sociais a criarem estratégia para essas mídias de maneira que divulguem e ganhem novos adeptos à sua causa, além de discutir a essência dessa nova forma de exercer cidadania – e aprender muito com a rica vivência de cada um.

Mais de 400 pessoas já participaram nas mais de 20 oficinas que promovemos e no mês de agosto começaremos uma série de três oficinas virtuais em parceria com o Coletivo Ativista (projeto que une AMARRIBO Júnior, Oficina de Imagens e Rede Sou de Atitude para formar jovens agentes de transformação social em suas cidades) e apoio da Fundação Avina, interessada em contribuir para o desenvolvimento sustentável da América Latina.

Convidamos jovens do Projeto Coletivo Ativista em Belo Horizonte, Rio Grande do Norte e São Paulo, que serão misturados nos três horários de turmas disponíveis. Rafael Lira, hub do Cidade Democrática e facilitador dessas oficinas junto com Henrique Parra,  está em estado de graça: “Estou ansioso para encontrar este povo com tantos sotaques e experiências e que não se conformam com que está acontecendo todos os dias do lado das nossas casas, ruas, bairros, cidades, estados, países enfim o planeta.”, disse o entusiasta da educomunicação.


Um dos vídeos produzidos para as Oficinas mostra como é possível expressar-se graficamente mesmo sem ser um mestre do desenho

Essas oficinas se demonstraram ótimas oportunidades para detectar vocações e identificar melhor os sonhos de quem passa por elas. Dar um passo para trás e tentar enxergar as redes sociais e suas possibilidades é um eficiente exercício para entender melhor como elas funcionam, e descobrir como se posicionar melhor dentro delas.

O blog do Cidade vai acompanhar o processo e trazer as melhores experiências para cá. Afinal, compartilhamento e a colaboração são preceitos básicos de qualquer rede social. ;)

P.S.: Por enquanto não temos oficinas na agenda, mas fiquem espertos que de tempos em tempos elas acontecem e divulgaremos por aqui. Se você tem interese em multiplicar essa iniciativa, entre em contato conosco pelo e-mail cd@cidadedemocratica.org.br

Categories: Geral

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *