FOTO DESTACADA

Professores fortalecem o Concurso de Ideias Sorocaba Colaborativa

Estamos sempre falando sobre a cidadania, os nossos direitos e deveres, mas a sua prática vai muito além disso. Para a Ciência Política e a Sociologia, o termo adquire sentido mais amplo, definindo-se como posse de direitos civis, políticos e sociais. E um de nossos deveres é sair do modelo de cidadania como sujeito passivo, aquele em que o cidadão está à mercê das decisões tomadas por seus representantes políticos. Pelo menos é nisso que acredita a professora das escolas municipais Getúlio Vargas e Leonor Pinto Thomaz, em Sorocaba, Adriana Flório Cairo.

O Concurso de Ideias Sorocaba Colaborativa chegou à cidade para dar voz ao cidadão, tendo como principal objetivo fazer com que a população crie propostas de melhorias para a região e entenda o seu papel na sociedade, lutando por aquilo que acredita para transformar a cidade em um lugar melhor para se viver e estimulando a participação social.

E, para isso, um dos pilares mais fortes do Concurso é poder contar com a participação de professores das quatro escolas da rede municipal de Sorocaba. “A importância da cidadania reside em despertar a criticidade dos alunos e professores em relação ao seu papel enquanto agentes sociais, que podem transformar a realidade na qual vivem a partir de ideias e participação”, afirma Eliane Shimomura, professora da Escola Municipal Dr. Achilles de Almeida, em Sorocaba.

Para Samuel Zamparoni, professor das escolas municipais Getúlio Vargas e Leonor Pinto Thomaz, este processo com os alunos permite que eles tenham uma melhor definição das obrigações dos governo Federal, Estadual e Municipal. “O mais importante é que, caso algum serviço não seja oferecido ou seja oferecido de forma precária, temos o direito, para não dizer o dever, de cobrar os órgãos competentes”, declara.

DSC_0065

Ao longo de mais de dois meses de concurso, as escolas da rede municipal receberam oficinas para o debate de ideias de melhorias e a elaboração de propostas para a cidade. Além destas, também foram oferecidas oficinas para os professores, a fim de construir juntos um melhor caminho para seguir com os estudantes. “O Sorocaba Colaborativa tem sido importante, as oficinas foram fundamentais para fomentar nos alunos a compreensão de que são responsáveis por mudar o seu mundo e, para tanto, é necessário que façam a sua parte. Acredito que também foi importante por alertar os discentes da necessidade de agirem e não somente reclamarem colocando a culpa no outro e esperar que as coisas mudem por ações alheias”, afirma Eliane.

O papel dos professores no Concurso de Ideias tem sido fundamental para que os alunos estejam encorajados e orientados para criar, debater e se unir para transformar a cidade. Ao todo, são cerca de 40 propostas criadas pelos estudantes, com ideias dos mais diversos temas, como educação, cultura, lazer e participação social. As propostas, que também foram elaboradas pelos docentes, saem da plataforma digital e chegam às salas de aulas, com discussões que fomentam o exercício da cidadania.

    “Através do Sorocaba Colaborativa, os alunos da rede municipal de ensino de Sorocaba passaram a enxergar que eles podem e devem ter um papel ativo enquanto cidadãos. Tomaram contato com as mais diferentes propostas para melhoria de sua cidade, refletiram sobre o que pode ser melhorado em seu dia a dia e, finalmente, puderam elaborar suas próprias propostas. Empoderaram-se de seus papeis enquanto seres pensantes e atuantes”, afirma Adriana.

Acesse www.sorocabacolaborativa.org e confira.

Categories: Concursos de Ideias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *