photo-brain

Think and Do Tank independente de participação social

    O ano de 2015 tem sido muito especial para a equipe do Instituto Cidade Democrática, e quero aqui contar um pouco do que temos feito, nosso reposicionamento como Think and Do Tank e sobre a nova identidade visual.

    Desde o ano passado, temos amadurecido um movimento que se consolida neste momento, quando o Instituto Cidade Democrática, antigo Instituto Seva, completa sete anos e se posiciona como um Think and Do Tank brasileiro de participação social e independente.

O que isso significa

    Que nos concentramos na árdua, mas também divertida, tarefa de levantar e analisar dados e produzir e compartilhar conhecimento para alavancar o poder da sociedade civil.

    Promoveremos essa transformação, como temos feito, utilizando ferramentas de mapeamento e análise de redes e a tecnologia social (licenciada como conhecimento livre) de Concurso de Ideias.

    Fortalecemos nossa crença na influência do cidadão comum na tomada de decisão sobre questões públicas, como pilar fundamental para o fortalecimento da democracia no país.

Que tipo de think and do tank somos

    Somos independentes, nascemos da sociedade civil, não temos fins lucrativos nem identificação ideológica. Somos pequenos e especializados em participação social, buscando crescente influência política em nosso campo.

think-do    Nossos argumentos vêm de pesquisas aplicadas e consultorias, em que reconhecemos a inteligência coletiva em redes distribuídas. Nossos valores são a democracia e a participação social, como forças motrizes da transformação da realidade.

    No longo prazo, queremos uma democracia com o DNA do povo brasileiro, que responda, de um lado, às imensas oportunidades criadas pela web e, por outro, dê conta de aproveitar a grande energia e disposição de participar do povo brasileiro para construir um país com igualdade de oportunidades, sustentabilidade ambiental e justiça social.

    Para isso, temos a meta de conseguir medir o avanço das iniciativas do ecossistema da participação social no engajamento efetivo de 2 milhões de brasileiros (1% da população) em atividades que tenham com finalidade a influência na tomada de decisão sobre temas públicos.

O que é participação social para nós

     A participação social desejada é aquela capaz criar e dissolver espaços infinitamente, sempre que necessário, imprimindo a dinâmica e a vida que a sociedade tem, e distribuir – ao invés de criar e institucionalizar – espaços de poder. São processos em que os cidadãos participam da tomada de decisão sobre questões públicas.

    Na perspectiva de um ecossistema da participação social, acreditamos na interação da grande diversidade de iniciativas, organizações, coletivos, ideias, ações e tecnologias para promover sinergias, visando o bem comum como premissa ética e o estímulo ao engajamento cidadão e ao empreendedorismo cívico.

    Em 2014, mobilizamos 354 pessoas para construir conjuntamente o Manifesto do Ecossistema da Participação Social, que reflete a forma como vemos esse campo de atuação.

O que entendemos como resultado

Implementação das propostas da sociedade por meio de:
• fortalecimento do tecido social
• ações políticas diretas e pacíficas (mutirões etc.)
• investimentos de recursos públicos
• políticas públicas.

Como fazemos isso

youll-never-think-like-a-leader-unless-you-take-the-time-to-think-new-harbor-design    Do lado esquerdo nosso cérebro, do ‘Think’, conduzimos pesquisas para levantar e analisar dados e produzir e compartilhar conhecimento sobre nosso campo de atuação. Alguns exemplos são:
Mapeamento do Ecossistema da Participação Social no Brasil
Vocabulário Comum da Participação Social

    Do lado direito da nossa caixa pensante, no ‘Do’, realizamos os concursos de inovação aberta, utilizando a tecnologia social do Concurso de ideias, para fomentar a colaboração entre sociedade e poder público e a cultura para a participação democrática. Alguns exemplos são:

Webcidadania Xingu – realizado em 11 municípios da área de influência da Usina de Belo Monte, no Pará, entregou ao Comitê Gestor do Plano de Desenvolvimento Regional Sustentável do Xingu e à Secretaria-Geral da Presidência da República 17 propostas em forma de projetos a serem apoiados.

Cidadonos – realizado na cidade de Jundiaí, é o primeiro projeto do Instituto, em parceria com o Movimento Voto Consciente Jundiaí e tem sido o laboratório para o aprimoramento da metodologia. Já foram realizadas três edições do Concurso nesta cidade.

Sorocaba Colaborativa – desenvolvido na cidade de Sorocaba, com o apoio da prefeitura do município e da Secretaria de Educação. Com foco nos jovens, sobretudo estudantes das quatro escolas municipais da região, mobilizou quase mil participantes cadastrados no site e 149 propostas de melhorias.

O que nos guia

• Conhecimento livre
• Software livre
• Colaboração intersetorial

Quais os nossos objetivos

Queremos fortalecer a influência da sociedade e construir soluções a partir da inteligência coletiva. Para que isso aconteça, buscamos:
• Fortalecer políticas e investimentos públicos
• Engajar pessoas e fomentar a participação social
• Criar estratégias para articular atores e integrar iniciativas
• Levantar e analisar dados
• Produzir e compartilhar conhecimento
• Fomentar a cultura da participação democrática
• Potencializar isso tudo usando tecnologia

Que princípios nos guiam

Nossos princípios de atuação nos guiam para juntar forças com outras iniciativas que, para nós, fazem parte do ecossistema da participação social.

• Apartidarismo: Promover agendas comuns, de sociedade, podendo ser abraçadas por políticos de todos os partidos.
• Apreciação: Participação social pautada por abordagem apreciativa que identifique oportunidades de colaboração, de forma pacífica e com foco no positivo.
• Confluência e Autonomia: Flexibilização de formatos e métodos para adesão e autogestão de outras iniciativas.
• Conhecimento Livre: Metodologias, dados e código abertos.
• “De baixo para cima”: Foco no território e seus temas, encorajando o desenvolvimento de oportunidades de colaboração a partir de agendas locais criadas pelos cidadãos.
• Inclusão: Iniciativas que sempre busquem a participação social ampliada, não só a composição interna do movimento.
• Pensar Politicamente: Habilidades socioemocionais para a atuação política.
• Sustentabilidade: Mecanismos sustentáveis de participação social para cidadãos e governos.
• Transparência: Simetria de informação e abertura de dados devem servir para governos, empresas e cidadãos.

Que imagem representa este novo posicionamento

 Logo   Em parceria com a Fábrica de Ideias Brasileiras, demos o primeiro passo de criar uma arquitetura de marca que estruturasse todo o universo da nossa atuação e, ao mesmo tempo, determinasse as diferentes necessidades de cada uma de suas manifestações, como um fio condutor flexível o suficiente para contemplar as necessidades futuras de expansão.

    Como atuamos em parceria com outras iniciativas, a nova marca é identificável sem ser autoritária e, ao mesmo tempo, incentiva o engajamento e o pertencimento.

    Para isso, o elemento do círculo aberto representa a abertura para a participação, sendo uma tradução visual de modelos de democracia permeáveis.

    O sistema de identidade visual, com o gesto proprietário da mão erguida, marcada com tinta azul possibilita a criação de campanhas, evocado dois significados pertinentes ao nosso trabalho: O VOTO, representando a participação social na democracia e o pertencimento do indivíduo no grupo e O PEDIDO DE FALA, representando o empoderamento do cidadão e o debate organizado e igualitário.

    A própria mão manchada de tinta, por sua vez, traz a ideia de imprimir nossa marca no mundo e tem em seu desenho caminhos e redes, como numa referência à própria cidade. A palma da mão também se associa a um conhecimento profundo e à apropriação: “conheço como a palma da minha mão”.

Capa_Facebook

    Desejamos que goste do nosso posicionamento e da marca que trazem a intenção de contribuir com o que acreditamos ser um pilar fundamental para a construção de capital cívico, entendido como o estoque de crenças e valores que estimulam a confiança e a propensão a colaborar e a coordenar as atividades entre as pessoas de uma sociedade.

    Boa participação e conte conosco se o seu lugar for dentro ou mesmo próximo do ecossistema brasileiro da participação social.

Categories: Institucional

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *