Primeira Semana da Democracia traz organizações para debater a democracia no Brasil e no mundo

    No fim do último mês, o Instituto Cidade Democrática esteve presente na Primeira Semana da Democracia, em Curitiba. O evento, realizado junto aos parceiros do Instituto Atuação e Politize!, teve como finalidade criar um momento vértice de encontro e discussão sobre a democracia no Brasil e no mundo, a fim de trazer visibilidade para este tema.

12308318_851451611618815_8422746121270956855_n    Grandes pensadores e que estudam a democracia estiveram presentes na discussão. James Fishkin, diretor do Centro de Democracia Deliberativa, e a pesquisadora sênior do Centro de Filantropia e Sociedade Civil, Lucy Bernholz, da universidade norte-americana de Stanford foram alguns dos participantes de renome.

    Durante o encontro, Fishkin ministrou palestras sobre o tema que estuda há duas décadas, a pesquisa deliberativa, um método que consiste na realização de consultas públicas utilizando amostras aleatórias da população e avaliando como mudam as opiniões durante os debates feitos sob mediação de um moderador neutro.

    O Instituto Cidade Democrática liderou duas oficinas. A primeira atividade apresentou o Mapeamento do Ecossistema da Participação Social (MEPS) – projeto realizado pelo instituto, que mapeou 602 iniciativas de participação social, a fim de fortalecer este ecossistema. 11224212_851858508244792_2684860929625024290_nO MEPS surgiu a partir de uma necessidade de unir coletivos e movimentos sociais, identificando suas habilidades e competências, a fim de reunir estes agentes e organizações, de modo que suas forças possam ser somadas. Entre as principais atividades propostas pelo projeto está a identificação, por meio de estudo semântico, dos clusters de iniciativas que compartilham valores culturais e percepções sobre o que é crítico para o fortalecimento do setor, potencialmente capazes de constituir comunidades de colaboração em torno destes temas da agenda para o fortalecimento da participação social no país.

    Já a segunda oficina trouxe aos participantes um momento de reflexão para discutir a Semana da Democracia em 2016, sendo um convite para que todas as organizações atuantes no campo concentrem suas atividades durante uma semana no ano, com o objetivo de colocar a democracia em evidência e chamando a atenção do país para este tema.

    A diretora executiva do Albert Einstein Intitution, Jamila Raqib, em sua palestra, enfatizou a necessidade de, mesmo nas democracias já consolidadas ou em consolidação, estabelecer estratégias de ação coletiva não violenta. Segundo ela, promover uma educação cívica para que as pessoas aprendam a se mobilizar e defender seus direitos é elemento central para o processo de aprimoramento da democracia.

Clique aqui e confira o vídeo.

Categories: Ecossistema Webcidadania

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *