Causas Comuns recebe atores-chave para debater ideias para a cidade São Paulo

No último dia 7, o Instituto Cidade Democrática promoveu mais uma importante oficina do Concurso de Ideias Causas Comuns. Realizada na sede do Instituto, o evento reuniu atores-chave nos temas Transparência, Acesso à Justiça, Segurança e Paz, que atuam na cidade de São Paulo.

DSC_0095    Pela primeira vez foi possível reunir algumas das principais pessoas atuantes nesses campos, e proporcionar momentos de reflexão acerca do que os temas do concurso têm em comum, a partir da construção colaborativa de ideias e propostas.

Com atividades dinâmicas e trabalhos em grupo, a oficina contou com representantes de importantes organizações, instituições e meio acadêmico, como Bruno Langeani, do Instituto Sou da Paz, Bruno Paes Manso, da NEV-USP, Cristiano Maronna, representando a Plataforma Brasileira de Política de Ciências Criminais, Ester Solano, da UFABC, Fabiano Angélico, da Transparência Internacional, Fernanda Campagnucci, da Controladoria Geral do Município (CGM), Isadora, do Instituto de Defesa do Direito de Defesa (IDDD), Luciano Santos, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Mariana Adrião, da UNICEF, Mariana Dias da Defensoria de São Paulo, Ricardo Poppi, da Secretaria-Geral da Presidência da República, Samira, do Fórum Brasileiro de Segurança e Melina Risso, ex-Instituto Sou da Paz.

DSC_0130    Pensando no futuro de São Paulo pelos próximos 15 anos, os participantes debateram e elaboraram propostas a fim de chegar a uma agenda comum, de maneira que os temas do concurso estivessem conectados. A partir de um diagrama foi possível estabelecer um elo entre os campos. Propostas como Reforma Política de Drogas, Mediação de Conflitos, Ouvidorias para o Sistema de Justiça, Justiça Aberta, Aprimoramento da Política de Dados, Interação entre o Sistema da Justiça e Conselhos Populares foram centrais, trazendo intersecção entre os temas e tornando-os comuns entre os campos.

De forma isolada no diagrama, em Paz e Segurança, surgiram demandas como Ocupar o Espaço Público e Incentivar a Convivência, Investir na Prevenção da Violência e Humanizar a Política de Segurança a partir da Periferia. Já sobre Transparência e Acesso à Justiça, as principais ideias pediam Qualidade na Produção e Gestão de Dados, Transparência de Gastos Públicos e Salários, Processo Deliberativo com Participação Social e a Presença Física das Instituições de Justiça na Quebrada.

20151207_133747

SOBRE O CAUSAS COMUNS
O Causas Comuns é um Concurso de Ideias que tem em vista os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), resultado de uma consulta e a construção de uma agenda para o desenvolvimento global para os próximos 15 anos, adotada por mais de 190 chefes de Estado.

O concurso está aliado ao Objetivo 16 e quer promover sociedades pacíficas para o desenvolvimento sustentável e o acesso à justiça para todos. Aberto a todos os cidadãos, o Causas Comuns quer ouvir a população para a criação de propostas que possam gerar agendas locais.

www.causascomuns.org.br

Categories: Concursos de Ideias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *