Brasil cai sete posições e registra sua pior marca em ranking de corrupção

    De acordo com a 21ª edição do Índice de Percepção da Corrupção (IPC), lançada pela Transparência Internacional, o Brasil apresentou a maior queda entre os 168 países avaliados, indo da 69ª para a 76ª posição.

129_199-alt-marcha-BSB    É a primeira vez que o país sofre uma queda tão relevante (cinco pontos) de um ano para o outro. Para a Transparência Internacional, uma alteração de mais de quatro pontos de diferença de um ano para o outro é muito significativa.

A pontuação do ranking vai de 0, mais corrupto, a 100, menos corruto, e o Brasil foi de 43 pontos em 2014 para 38 pontos no último ano, dividindo o lugar com Bósnia, Burquina Faso, Índia, Tailândia, Tunísia e Zâmbia.

Um recorte voltado para os países da América Latina coloca o Uruguai, com 74 pontos, e o Chile, com 70 pontos, no topo da região. Considerando o ranking geral, o primeiro lugar no ranking é da Dinamarca, com 91 pontos, e na lanterna estão a Somália e a Coréia do Norte, apenas com oito pontos cada.

Fonte: Diário Comércio Indústria e Serviços

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *