Coletivo baiano cria rede social de aprendizagem colaborativa

    O Coletivo Desabafo Social lançou a Ubuntu, uma rede social de aprendizagem colaborativa que tem como objetivo conectar pessoas, ocupar espaços e estabelecer uma rede de relacionamento com foco nos Direitos Humanos e, sobretudo, na participação social e política.

12661991_880956612001648_2419480444613670436_n    Durante um ano e meio a Diretora de Inspiração e Fundadora do Desabafo Social, Monique Evelle, rodou sozinha a cidade de Salvador falando sobre Direitos Humanos para quem quisesse ouvir. A situação mudou quando ouviu um conselho e resolveu transformar o projeto em uma rede.

    “Sabemos que a situação de muitos outros projetos é difícil. Falta comunicação, sinergia e meios para que possam crescer. O Ubuntu nasce para diminuir essas dificuldades criando espaços colaborativos”, explica Monique.

Além da rede social facilitar a organização e o desenvolvimento de iniciativas na área de Educação, Comunicação Relações Raciais, Direitos da Infância e da Juventude, Gênero e áreas afins, a rede é aberta para qualquer pessoa. O Ubuntu serve para conectar pessoas como qualquer outra rede social, porém com foco na colaboração e multiplicação de ideias. A rede social de aprendizagem colaborativa permite: a Cocriação de conteúdo através da wiki, Biblioteca Online a partir dos links úteis, divisão de tarefas e calendário.

Confira e faça parte da rede: http://ubuntu.desabafosocial.com.br/

Fonte: Desabafo Social

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *