Brasília receberá segunda edição de projeto voltado a moradores de rua

A capital brasileira receberá, pela segunda vez, o The Street Store, um projeto em que voluntários arrecadam objetos para doação e simulam uma loja para que pessoas em situação de rua possam escolher o que mais lhe agradam.

20160309211030352903a    Quatro jovens universitárias foram as responsáveis por trazer a iniciativa para Brasília: Cecília Macedo, Isabella Bonato, Malu Fialho e Marcela Nóbrega. “A Cecília ouviu falar do projeto no ano passado. Ela já trabalha com eventos e quis promover a The Street Store em Brasília, aí chamou alguns amigos”, explica Marcela. “A ideia de fazermos doações de maneira diferenciada, com a possibilidade das pessoas escolherem o que as agradam, conquistou o coração de todos os organizadores”, completa Isabella.

O diferencial em relação a uma doação comum, explicam as organizadoras, é o fato de oferecer à pessoa em situação de rua a oportunidade de escolher aquilo que deseja. “O beneficiado tem a possibilidade de optar pela roupa, pelo sapato ou pelo acessório que quiser, desde tamanho, cor e modelo. É uma forma de trazer dignidade, como se estivesse em uma loja mesmo, recebendo atendimento e tudo”, enfatiza Malu.

No ano passado, foram arrecadadas 6 mil peças, e 550 pessoas em situação de rua foram beneficiadas. Segundo as organizadoras, a expectativa de doações foi mais do que dobrada. “Isso foi muito impressionante para mim e, até hoje, não acredito. É algo surreal, porque conseguimos impactar muita gente e separar muita roupa”, avalia Cecília.

O sucesso do evento fez com que ele ganhasse uma segunda edição, que será realizada em 21 de maio, na Rodoviária do Plano Piloto. Quem quiser contribuir, pode doar roupas, cobertores, calçados, acessórios e brinquedos em pontos de coleta espalhados pelo DF. A organização também está à procura de voluntários que possam trabalhar no evento.

Criada na África do Sul em 2014, a The Street Store já percorreu diversas cidades do mundo, como Bruxelas, Buenos Aires e Las Vegas. No Brasil, a loja de rua já foi montada, entre outros municípios, em São Paulo, Belém e Teresina. A segunda edição em solo brasiliense será a 411ª ao redor do globo.

Confira a matéria completa aqui.
Fonte: Correio Braziliense

Categories: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *